O Biofeedback

O Biofeedback é um processo que permite a um indivíduo aprender a mudar sua atividade fisiológica para os fins de melhorar a saúde e o desempenho. Instrumentos precisos medem a atividade fisiológica, tais como ondas cerebrais, a função cardíaca, respiração, atividade muscular e temperatura da pele. Com rapidez e precisão estes instrumentos de informação dão o “feedback” para o usuário. A apresentação dessas informações – muitas vezes em conjunto com as mudanças no pensamento, emoções e comportamento – possibilita as desejadas mudanças fisiológicas. “Com o tempo, essas alterações podem perdurar sem o uso contínuo de um instrumento.”

O Biofeedback  proporciona os seguintes benefícios a saúde:

  •  Diminuição das dores crônicas;
  •  Diminuição dos sintomas de enxaqueca;
  •  Melhora o raciocínio e a atenção;
  •  Diminuição dos distúrbios de sono;
  •  Controla a hipertensão;
  •  Promove o relaxamento, controlando alterações psicológicas como fobias, ansiedade, síndrome do pânico;
  •  Gerenciamento do stress;
  •  Diminuição dos sintomas de distúrbios alimentares;
  •  Diminuição do déficit de atenção;
  •  Emite resposta imediata;
  •  Método não invasivo;

O biofeedback é um método de tratamento que utiliza aparelhos eletrônicos para avaliar as reações fisiológicas e emocionais de um sujeito.

No biofeedback são utilizados aparelhos hipersensíveis que captam as respostas do organismo do individuo, e em retorno emite sons ou avisos luminosos, que ajudam o indivíduo a controlar as suas emoções e atividades fisiológicas.

Por exemplo, no tratamento da hipertensão, eletrodos de superfície são usados para fornecer ao pacientes informações sobre a temperatura da pele e tensão muscular. O feedback dá informações ao paciente durante o treinamento, sendo que ele aprende a aquecer a pele (por dilatação arterial) e relaxar os músculos. Isto é geralmente acompanhado por uma redução da pressão arterial. Neste exemplo, a tecnologia do biofeedback fornece informações que seriam inacessíveis para o paciente. A terapia de biofeedback envolve sempre um terapeuta, um paciente e um equipamento instrumental capaz de fornecer informações fisiológicas precisas. Modalidades de biofeedback são variadas. Dependendo do objetivo do treinamento, os clínicos podem utilizar sensores que detectam a parâmetros como a temperatura da pele, atividade muscular, batimento cardíaco, respiração, condutividade da pele, ou atividade cerebral.

O tipo de biofeedback que usa uma medida derivada da atividade elétrica cerebral é chamado de neurofeedback ou EEG biofeedback. O fluxo de informações é então apresentado ao paciente de uma forma que permite ao paciente perceber mudanças em sua atividade fisiológica em tempo real. Mudanças reais, alcançadas pelo paciente, na direção desejada são recompensadas, isto é, positivamente reforçadas. As informações podem ser apresentadas ao paciente através de estímulos auditivos, visuais, numéricos, displays gráficos ou jogos. O treinamento de neurofeedback exige que os pacientes observem as suas respostas fisiológicas em detalhe e tentem aprender a alterá-las. Isso leva tempo e esforço.

 Dieinny Mel

Quem Somos

Nosso foco é transformar pessoas, através de técnicas e métodos eficazes, desempenhando o melhor potencial que existe em cada ser, tanto no âmbito pessoal, quanto organizacional.

Localização

Avenida Dr.Julio Marques Luz Número 1793A – Jatiúca, Maceió – AL, 57035-700